Treinamento do Gemini faz emissão de poluentes do Google disparar

As emissões de gases de efeito estufa do Google aumentaram, dificultando alcançar as metas climáticas da gigante da tecnologia, conforme o Relatório Ambiental de 2024 da empresa divulgado na terça-feira (2). Os gastos energéticos com o treinamento das ferramentas de inteligência artificial são o principal fator motivador.

Segundo a companhia de Mountain View, suas emissões totais aumentaram 48% desde 2019. Considerando apenas 2023, foram produzidas 14,3 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono, o equivalente à quantidade de CO2 liberada por 38 usinas de energia durante um ano, 13% a mais que em 2022.

Leia mais…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Gostou das informações ? Então espalhe pela rede : )

Instagram
Subscrever
RSS