Pilares da Criação: uma viagem cósmica pelas lentes do Hubble e James Webb

Em 1995, o Telescópio Espacial Hubble da NASA capturou a imagem nítida de uma colossal formação de gás e poeira a 7 mil anos-luz da Terra. Até então visto de forma embaçada pelos telescópios ópticos, o local, apropriadamente chamado de Nebulosa da Águia, revelou em seu centro um berçário de estrelas, que a equipe do Hubble chamou de Pilares da Criação.

A partir de então, os Pilares da Criação passaram a ser o cartão-postal do telescópio espacial e se transformaram na foto astronômica mais vista no mundo.  

Leia mais…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Gostou das informações ? Então espalhe pela rede : )

Instagram
Subscrever
RSS