Anel de Einstein sugere que matéria escura interage entre si mesma; entenda

Em setembro de 2023, um autêntico “anel de Einstein”, fenômeno astronômico que ocorre quando a luz de uma galáxia distante é distorcida pela gravidade, foi fotografado pelo Telescópio Espacial James Webb (JWST). Chamado de lente gravitacional forte, a anomalia está ligada a uma enorme galáxia antiga batizada como JWST-ER1g.

Formada apenas 3,4 bilhões de anos após o Big Bang, a JWST-ER1g aparece aqui não como fonte de luz (que vem provavelmente de outra galáxia mais distante e invisível), mas sim como uma lente a desviar essa luz, que aparece nos instrumentos do telescópio em forma de anel, como exatamente previsto na teoria da relatividade geral.  

Leia mais…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Gostou das informações ? Então espalhe pela rede : )

Instagram
Subscrever
RSS